when my love blooms

[RESENHA] When My Love Blooms

A missão da Coreia no primeiro semestre de 2020 é fazer a gente sofrer e então sorrir e, por fim, ir dormir com o coração quentinho. Foi assim com When The Weather is Fine (JTBC), A Piece of Your Mind (tVN), Find Me In Your Memory (MBC) e, agora, com When My Love Blooms. Para mim, o drama da tVN foi uma grata surpresa e veio coroar uma temporada de boas histórias, mensagens para a vida e casais cheios de carisma e química.

O drama se desenvolve em dois tempos diferentes: a primeira metade da década de 1990 e em 2020. Mas essa mudança temporal não é ruim. Ela é essencial para contar a história dos protagonistas, seus desencontros e como a vida de cada um seguiu rumos completamente diferentes.

Continue a leitura para saber um pouco sobre esse drama tão inesperadamente bonito e tocante.

Vamos lá?

When My Love Blooms: encontros, desencontros e destino

A história de When My Love Blooms começa em 1993. É o primeiro dia de faculdade de Yoon Ji-soo (Jeon So-nee), uma alegre e otimista caloura do curso de Música. Assim que entra no campus ela é surpreendida por uma manifestação e lá se encanta por Han Jae-hyun  (Jinyoung do GOT7), um estudante de direito, idealista, gentil e de bom coração. É paixão à primeira vista para Ji-soo e não demora para que ela se aproxime do rapaz e demonstre desde o início o seu interesse por ele. Com isso, aos poucos e naturalmente, Jae-hyun também se apaixona pela garota e os dois começam a namorar.

when my love blooms
Imagem: Divulgação/JTBC

25 anos depois…

Então chegamos em 2020. Ji-soo (Lee Bo-young) deixou de ser aquela garota cheia de vida e agora vive um dia de cada vez. Divorciada e sem dinheiro, ela abandonou a música e só se senta ao piano para tocar em um restaurante, onde garante alguns trocados. O filho é bolsista de um colégio interno e o ex-marido ainda não aceita o fim do casamento. Porém, apesar de tudo, Ji-soo é uma mulher forte e levou consigo algo dos tempos da juventude: o engajamento social e a vontade de lutar pelo próximo e mudar o mundo.

Imagem: Divulgação/JTBC

Já Jae-hyun  (Yoo Ji-tae) se transformou em tudo aquilo que ele mais detestava: casou com a filha de um chaebol e agora é um dos diretores da empresa familiar. Toda a luta pelos mais necessitados e por melhores dias ficaram no passado. Agora ele encobre os crimes e erros do sogro passando, inclusive, 4 anos na prisão. Ele também tem um filho. O menino estuda na mesmo colégio interno que o de Ji-soo e é um incidente de violência escolar envolvendo as duas crianças o responsável pelo o reencontro entre os protagonistas. Apesar de Ji-soo tentar afasta-lo, a história, os sentimentos e os laços criados 25 anos antes renascem. Além disso, este reencontro também desperta em Jae-hyun a vontade de viver uma vida mais digna, mais próximo do seu antigo eu.

Com o decorrer do drama vamos passeando entre os anos 90 e 2020, conhecendo cada pedacinho da história dessa casal e o porquê de eles terem se separado. Além disso, vários acontecimentos históricos e sociais da Coreia acontecem no pano de fundo, como o desabamento da desabamento da loja de departamentos Sampoong.

Imagem: Divulgação/JTBC

Eventualmente tudo fica bem

A vida vem, a vida vai. Nada é controlável. As dificuldades e os dias tristes deixam a gente mais forte e calejado. Mas mesmo assim é possível acreditar que as coisas – eventualmente – melhoram. Quando tudo está muito difícil, a gente pode – e deve – desejar dias melhores. Essa, talvez, seja a melhor forma de resumir When My Love Blooms. Apesar de todas as dificuldades, Ji-soo mantem-se, a principio pelo filho, depois pelo reencontro inesperado com o seu primeiro e grande amor. Já Jae-hyun se reconecta com a sua essência e busca novamente por aquele jovem, cheio de ideais.

When My Love Blooms é o tipo de drama que aquece a alma, nos faz chorar e depois rir e, no fim, nos dá esperança de um amanhã melhor. Porque, no fim, tudo fica bem!

 

Neste mundo com sete bilhões de pessoas, existem sete bilhões de momento mais bonitos da vida de alguém. Isso que todos têm o próprio momento mais bonito de suas vidas. Não precisa ficar triste se o tempo da sua vida desabrochar ainda não chegou ou se arrepender porque o momento já tenha passado. O ontem está conectado ao hoje. Eu estou conectado a você e você está conectado a nós. A vida está fluindo e flores estão sempre prontas para florescer.

 

when-my-love-blooms
Imagem: Divulgação/JTBC

 

⇨ Onde assistir

Viki

Kingdom Fansub 

 

⇨ Avaliação 

 

 

 

O que vocês acharam de When My Love Blooms? Conta para gente nos comentários! E fique ligado aqui no PQDM que logo logo vamos trazer mais listas e reviews! 

Ah,  não esquece de seguir a gente no Facebook e também no Instagram, tá bom?!

Beijos e até a próxima.

Deixe o seu comentário

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *